Fotografia de Rua – Dicas para começar a praticar

Fotografia de Rua
Foto: Átila Tini

Uns dos estilos de fotografia mais admirados hoje em dia é a Fotografia de Rua – ou Street Photography, ainda mais com a constate evolução das câmeras integradas aos smartphones e o crescimento das redes sociais com foco em imagens. Fotografar cenas do dia a dia está cada vez mais comum. Mas a fotografia de rua em sua essência não é simplesmente registrar o cotidiano. É preciso encontrar e transmitir emoções através daquela simples imagem do dia a dia. Mas como fazer isso de uma maneira que não seja invasiva? Como ser discreto? Como conseguir as melhores fotos? Veja algumas dicas que podem ajudar.

1. Use equipamentos discretos

Na fotografia de rua o foco, na maioria das vezes, são pessoas, e o ideal é usar um equipamento discreto. Muitos podem se sentir intimidados com câmeras profissionais, objetivas e flashes enormes, portanto, melhor evitá-los. Falando em flash, se for fotografar alguma cena sem ser percebido lembre-se de desativá-lo. E não é por que o equipamento deva ser pequeno que não possa ter qualidade, temos no mercado câmeras compactas de alta performance, segue algumas sugestões:

2. Preocupe-se mais com a cena e menos com a foto

Nesse tipo de fotografia constantemente a decisão de fazer uma foto precisa ser tomada em uma fração de segundos e, naquele instante decisivo não haverá tempo para fazer ajustes de câmera. Por isso, escolha sempre uma configuração que possa ser aproveitada em várias situações. Priorize a luz. Uma dica é manter o diafragma mais fechado, entre f/8 e f/11 e a velocidade mais alta.

Fotografia de Rua
Fotos: Henri Cartier-Bresson

3. Deixe a timidez em casa

Se a timidez é um problema para você, inicie com fotos a distância ou em que as pessoas não percebam que estão sendo fotografadas (de lado ou de costas). Conforme for sentindo mais segurança exercite a aproximação, passe a fazer parte do contexto das suas fotos. Interaja com as pessoas. As fotografias de rua não são somente aquelas espontâneas, inesperadas, você também pode pedir para a pessoa posar se achar que dará uma boa foto, como no exemplo abaixo.

Fotografia de Rua
Foto: Aline Colette (aluna do Clube da Luz)

4. Tenha paciência e observe

Essa dica certamente é a responsável pelas mais incríveis fotos de rua já vistas.  É observando pacientemente que aguçamos nosso olhar para as coisas que normalmente passariam despercebidas. Se achar que facilitará, quando for sair para fotografar, decida um tema para as fotos do dia – não precisa ficar preso a ele, mas servirá como guia – escolha o lugar que deseja fotografar, reserve tempo e fique preparado para fazer fotos sensacionais.

Fotografia de Rua
Foto: O Beijo – André Melo

5. Estude os grandes nomes da fotografia de rua

Um tarefa que ajuda, e muito, a aprimorar o olhar para a fotografia, é estudar os grandes “mestres”. Ver as fotos feitas pelos reconhecidos nomes da fotografia de rua pode ser a inspiração que faltava. Preste atenção nos ângulos, nos cenários, nas pessoas fotografas, e até nos equipamentos que utilizaram. Entre os nomes mais famosos estão Henri Cartier-Bresson , que é considerado por alguns o criador desse estilo, Vivian Maier – que tem uma história incrível, que você pode ler nesse nosso outro post e Alex Webb.

6. Mantenha sempre o respeito e a ética

Imagem pessoal é um assunto delicado e deve ser tratado com o maior respeito. Então, se uma pessoa perceber que está sendo fotografada por você, peça permissão antes. Se estiver a distância faça um gesto, se ela permitir ótimo, se não, desista da foto. Muitas pessoas podem se sentir incomodadas de serem fotografas e, nesse caso, cabe um pedido de desculpas e, se já tiver tirado a foto, mostrar que está apagando.  Por outro lado, muitas pessoas gostarão de participar e neste caso, se ofereça para enviar a foto posteriormente ou informe onde irá postá-la.

7. Cuide de sua segurança

Tome cuidado para não se distrair demais durante suas sessões de fotos e descuidar da segurança. Se for fotografar em lugares inseguros não vá sozinho e seja o mais discreto possível. Em outras palavras, fique sempre esperto!

Enfim, essas são dicas básicas para você começar a fazer fotos de rua diferenciadas. Com o tempo, e a prática, vai adquirir cada vez mais confiança e, consequentemente, desenvolver o olhar capaz de identificar aqueles momentos que merecem ser eternizados. Ou seja, não há mais desculpa para não pegar sua câmera – ou até mesmo celular, para começar – e sair clicando, porque quanto mais você olha, mais você vê.

Se essas dicas ajudaram, ou se você tiver alguma dúvida, deixe seu comentário aqui embaixo e cadastre seu e-mail para receber nossas novidades. Bons clicks!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *