Vivian Maier, uma fotógrafa além do seu tempo

E aí, amigos(as) fotógrafos(as), tudo bem? Hoje seguiremos nossa série de posts a respeito dos grandes nomes da fotografia. Vamos falar um pouquinho sobre uma das histórias mais legais — e surreais — que ouvimos/vimos nos últimos tempos. Iremos falar sobre Vivian Maier. Conhecem ou já ouviram falar dela?

Vivian Maier
Foto: Vivian Maier – Autorretrato

Quem foi Vivian Maier?

Vivian Maier, foi uma fotógrafa norte-americana, nascida em Nova Iorque em 1 de fevereiro de 1926. Hoje considerada um destaque em Street Photography (fotografia de rua). Teve seu trabalho descoberto somente após sua morte, ocorrida em 21 de abril de 2009.

Maier passou a infância na França e, após voltar para os Estados Unidos, trabalhou como babá por mais de 40 anos. Isso mesmo, você não leu errado, a profissão principal de Vivian, a vida inteira, foi cuidar de crianças. Mas ela tinha um hobby que quase ninguém sabia. Durante todos esses anos, em seus dias de folga, ela saía para fotografar a cidade de Nova Iorque.

Apesar de não ser uma fotógrafa profissional, por suas fotos podemos perceber que ela sempre perseguia um tema principal em suas fotos.  Geralmente eram as pessoas, a arquitetura da cidade e, muitas vezes, sua própria imagem refletida em ângulos e superfícies diversos.

Vivian Maier
Foto: Vivian Maier – New York, NY

O equipamento ideal

A câmera utilizada por essa fotógrafa peculiar era uma Rolleiflex. Essa câmera permite fazer as fotos mais discretamente, e ainda facilita os autorretratos, que Vivian Maier explorava bastante. Foram mais de 150 mil fotografias feitas em sua cidade natal, além de Chicago e Los Angeles, entre as décadas de 1950 e 1960. Ela também documentou as diversas viagens internacionais que realizou, como para Manila, Pequim, Itália, Egito.

Vivian Maier
Foto: Vivian Maier – Autorretrato

Revelando Vivian

De fato, tudo isso faz com que a história de Vivian Maier seja interessante. Porém, o que a deixa mais incrível é que nossa fotógrafa misteriosa só foi descoberta e ganhou fama após sua morte. Ela nunca publicou suas fotos. Na verdade, pelo que se sabe, Vivian era uma pessoa muito reservada e não compartilhava suas fotos com ninguém.

Seus pertences acabaram em um guarda volumes e, como nenhum  responsável foi retirar por um longo tempo, foram a leilão. Nesse leilão estava John Maloof, um produtor cinematográfico, que devido a um trabalho sobre a década de 50 precisava de algumas fotos de época. É claro que ele arrematou o material de Vivian. Muitos filmes não estavam nem mesmo revelados.

Não precisamos nem dizer que John é um dos caras mais sortudos do mundo, né?

Vivian Maier
Foto: Vivian Maier – July 10, 1959. Aden, Yemen

Um filme com final feliz?

Naturalmente, os detalhes dessa história e o que aconteceu a partir desse dia vamos deixar que você descubra nos filmes/documentários sobre Vivian Maier já produzidos.

Entre eles, sugerimos A Fotografia Oculta de Vivian Maier” (“Finding Vivian Maier“), que infelizmente não está mais no YouTube, mas assim que descobrirmos um link legal publicaremos, e o “Vivian Maier, Who Took Nanny’s Pictures? que ainda está disponível.

Quer saber um pouco mais sobre os grandes fotógrafos de todos os tempos? Leia também nosso post sobre a Agência Magnum, que conta com uma dica de material imperdível.

Gostou dessa história? Conte pra gente o que você acha das fotos de Vivian Maier e o que achou deste post. Nos acompanhe no Facebook e Instagram para não perder nenhum post! Bons cliques e bom filme!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *